Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

TJ em Números

Tempo de julgamento dos processos, julgamentos realizados pelos órgãos colegiados, decisões proferidas em juízo de admissibilidade, estatísticas mensais e anuais.

  • Julgados em Números

    TP_pagina-01.jpg
     

     

    A Gerência de Jurisprudência e Publicações Técnicas (GEJUR) lança o Julgados em Números, publicação trimestral que analisa quantitativamente a jurisprudência da 2ª Instância do TJMG, com análise estatístico-jurídica acerca de temática preestabelecida, relevante, temporal ou midiática.

     

    O primeiro Julgados em Números será lançado em 09/04/2018, com análise de 88 (oitenta e oito) decisões, com datas de julgamentos de 1º de janeiro de 2015 a 27 de novembro de 2017. O tema analisado foi Indenizações por dano moral devido a ingestão de corpos e objetos estranhos em alimentos.

     

    Técnicos da GEJUR utilizam filtros pré-definidos e fazem análise dos temas, na busca jurisprudencial. Posteriormente, são compilados e analisados dados estatísticos, a fim de se representar numericamente o entendimento do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

     

    Dúvidas ou sugestões, entre em contato pelo e-mail julgados.emnumeros@tjmg.jus.br

  • Relatório Justiça em Números

    O Justiça em Números foi a primeira iniciativa do Conselho Nacional de Justiça a promover o acompanhamento anual de indicadores abrangentes do Judiciário nacional e começou a ser publicado em 2004 (ano-base 2003).

    O perfil de cada tribunal é apresentado a partir dos dados sobre orçamento, recursos humanos, litigiosidade, congestionamento e produtividade, fornecidos pelos próprios tribunais.

     

     

    Painel CNJ

    Painel de consultas ao Banco Nacional de Demandas Repetitivas e Precedentes Obrigatórios, infográficos com produtividade e outras estatisticas e dados  oficiais do Poder Judiciário consolidados pelo Conselho Nacional de Justiça.

    Acesse o Painel CNJ

    Estatísticas do Justiça em Números, produtividade e consulta ao banco nacional de demandas repetitivas