TP_Plural-01.png

PLURAL TJMG

Uma inovação na publicação de conteúdos do Tribunal de Justiça

A Assessoria de Comunicação Social (Ascom), dentro de uma proposta de buscar novas experiências na divulgação de conteúdos para ampliar a visibilidade das iniciativas do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, propõe a criação do projeto PLURAL TJMG.

Trata-se da produção e divulgação no Portal TJMG, e outras mídias como facebook, Twitter e blogs, de reportagens inéditas, aprofundadas e de alta qualidade em formatos criativos, com textos leves e interativos.

O objetivo é prender a atenção do leitor/público com uma proposta diferenciada, com efeitos multimídia, fotos bem produzidas, vídeos, áudios, gráficos, banners e textos objetivos. Serão responsáveis pela edição do PLURAL TJMG servidores dos setores de imprensa, televisão, comunicação visual e portal.

O PLURAL TJMG vai trazer novos pontos de vista e abordagens sobre iniciativas como SEEU, Programa Julgar, PJe, sustentabilidade, informática, Apac, Centro de Reconhecimento de Paternidade, Conciliação, Mediação e Cidadania, Programas e Projetos de Atendimento à mulher, adoção, tribunais de júri, campanhas institucionais, entre outros.

 

Pluralidade

- Pluralidade de vozes (serão entrevistadas fontes diversas para o material editado: desembargadores, juízes, profissionais/operadores do Direito, jurisdicionado, pessoas alcançadas por determinado projeto, entre tantas);

- Pluralidade de temas;

- Pluralidade de "linguagens" (convergência de mídias: fotos, textos, áudios, vídeos);

- Pluralidade de profissionais que atuarão para a sua produção (jornalistas, fotógrafos, cinegrafistas, webdesigners, editores de imagem - a equipe é multidisplinar).

- A palavra "plural" passa também a ideia de coletivo: o TJMG como algo plural, inclusivo, cooperativo. “Plural” vem do Latim pluralis, que significa “mais de um” e derivado de PLUS, que em latim é “mais”.

Edição 13Direito à morte digna | Nos processos de doenças terminais, o que fazer até o dia de morrer? Qual é a diferença entre distanásia e cuidados paliativos? No Brasil, são proibidas as práticas da eutanásia e do suicídio assistido. Mas as pessoas podem se recusar a receber determinados tipos de tratamento para prolongar suas vidas, quando não há expectativa de melhora ou cura, por meio do testamento vital. Conheça relatos de familiares que lidaram com a morte de um parente e de profissionais que trabalham com a perspectiva da morte digna.
Edição 12Documentos preservados representam a essência da vida; a memória da sociedade. O Museu da Memória do Judiciário Mineiro (Mejud) conserva, restaura e preserva objetos e documentos de valor histórico. Na edição 12 do Plural, será apresentada parte do acervo que reúne peças que datam do período de instalação das primeiras comarcas mineiras no século XVII. Bom regresso ao passado.
Edição 11Provocar alguma reflexão sobre os desafios enfrentados pelos egressos do sistema prisional, depois do cumprimento das penas privativas de liberdade. Com esse objetivo, a 11ª edição do Plural do TJMG traz relatos de quem esteve por trás das grades ou ainda acalenta o sonho da liberdade, mostrando como as oportunidades de capacitação e o apoio familiar podem ser decisivos para evitar a reincidência no crime.
Edição 10Direito de Sucessões| Conheça algumas normas que disciplinam a transferência de patrimônio entre herdeiros. O Plural do Setembro mergulhou nesse ramo do direito com o objetivo de mostrar histórias presentes nas páginas dos processos que tramitam nas varas de sucessões.
Edição 09Na 9ª edição, o Plural se volta para o problema da violência doméstica e familiar. O leitor conhecerá as trajetórias de homens e mulheres envolvidos em casos dessa natureza. A reportagem mostra, ainda, a acolhida às vítimas e as propostas adotadas por entidades especializadas para combater os vários tipos de agressão e reverter esse cenário, tão presente no Brasil.
Edição 08A mudança de nome de pessoas trans é o tema da Plural deste mês. Apesar da decisão favorável do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o tema, o acórdão ainda não foi publicado. No Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, a Vara de Registros Públicos dedica duas tardes da semana para estas demandas.
Edição 07Quando a adoção é o caminho capaz de assegurar à criança, entre outros direitos, a convivência familiar. A edição do Plural TJMG do mês de maio traz matéria sobre o tema, com depoimentos de mães que adotaram e de profissionais que atuam na área.
Edição 06A alienação parental é tema da nova edição do Plural TJMG. A prática da alienação parental caracteriza-se como toda interferência na formação psicológica da criança ou do adolescente promovida ou induzida por um dos pais, pelos avós ou por qualquer adulto que a tenha sob a sua autoridade, guarda ou vigilância.
Edição 05A edição de fevereiro do Plural TJMG põe o Tribunal do Júri em pauta. Ela faz um recorte no Estado de Minas Gerais e fala da realidade de Contagem. Conheça aqui as regras, os anseios e as histórias da equipe, recheadas de entusiasmos e desafios.
Edição 04Confira, nessa edição do Plural, várias histórias com final feliz que foram resolvidas por meio da autocomposição. Conciliadores, juízes e partes falam com entusiasmo da Conciliação.
Edição 03A terceira e última matéria da série sobre Apacs do Plural TJMG dá voz a recuperandos da Apac de São João del-Rei, mostrando o caminho de recuperação que estão trilhando.
Edição 02A Apac de Itaúna, a primeira do gênero a surgir em Minas, é o destaque desta edição. No espaço, o esforço de humanizar o cumprimento das penas privativas de liberdade.
Edição 01Metodologia revolucionária, a Apac é o tema da matéria de estreia do Plural TJMG. O texto aborda o nascimento do método e os valores que o sustentam.