Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

TJMG instala Cejusc em Leopoldina

Cerimônia aconteceu, em 8 de agosto, no salão do Tribunal do Júri


- Atualizado em

Com o objetivo de incentivar a cultura do diálogo, fomentar a pacificação social e estimular os métodos alternativos de solução de conflitos, mais um Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) foi inaugurado em Minas. Em 8 de agosto, a nova unidade foi instalada na Comarca de Leopoldina. A solenidade de instalação foi realizada às 17h, no salão do júri do fórum da comarca, com a presença de várias autoridades.

cejusc-leopoldina.jpg

 

Para o coordenador do Cejusc de Leopoldina, juiz Breno Rego Pinto Rodrigues da Costa, a instalação desses Centros Judiciais vem assegurar o acesso do cidadão à Justiça, com enfoque no diálogo entre as pessoas na busca da conciliação.

 

“O acesso à Justiça e a efetividade da prestação jurisdicional são um caminho longo e difícil. O ideal buscado é que sejam assegurados, da forma mais ampla possível, para que todo aquele que tenha um direito violado possa contar com uma solução eficaz para fazer valer seus interesses”, disse o magistrado.

 

Presente no evento, o juiz auxiliar da 3ª Vice-Presidência, Maurício Pinto Ferreira, enfatiza que os Cejuscs são uma revolução silenciosa para modificar o modo como as pessoas resolvem os impasses da vida cotidiana. “Por meio do incentivo ao diálogo, à escuta e à abertura para buscar o entendimento, pouco a pouco o cidadão vai se sensibilizando para evitar a judicialização e se educando para tentar alternativas que não o confronto”, afirma o magistrado.

 

Cejusc

 

Cejuscs são unidades da Justiça mineira que concentram as audiências e as sessões de conciliação e mediação, processuais e pré-processuais, e também o setor de cidadania. No setor de cidadania o cidadão tem acesso a informações sobre os locais onde poderá solucionar seu problema e sobre as melhores formas de resolvê-lo: conciliação e mediação.

 

No setor pré-processual são realizadas orientações e marcadas sessões de conciliação antes que haja um processo em tramitação no Poder Judiciário, buscando a resolução de conflitos de modo informal, gratuito e por meio de acordo. E para o setor processual são encaminhados os processos que já estão no Judiciário para audiência de conciliação e mediação a pedido das partes.

 

Serviço

 

O Cejusc Leopoldina irá funcionar no fórum local, na Rua Geraldo Campana, 200, Centro. O coordenador é o juiz Breno Rego Pinto Rodrigues da Costa.

 

 

Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom
Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG

(31) 3306-3920

imprensa@tjmg.jus.br
facebook.com/TJMGoficial/
twitter.com/tjmgoficial
flickr.com/tjmg_oficial