Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

Tribunal de Justiça Militar adere ao Processo Administrativo de Responsabilização

O TJMG foi o primeiro a regulamentar essa iniciativa entre os Tribunais de Justiça


- Atualizado em

O Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais (TJMMG) aderiu à regulamentação do Processo Administrativo de Responsabilização (PAR) no último dia 05 de setembro. Essa informação foi repassada ao presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Nelson Missias de Morais, pelo juiz civil do TJMMG, Fernando Galvão.

 

O TJMG é pioneiro, entre os Tribunais de Justiça, na regulamentação do PAR, através da Resolução 880/2018.

 

O presidente Nelson Missias de Morais destacou a importância dessa iniciativa e comentou que o Tribunal mineiro está na vanguarda desse movimento, ao ser o primeiro, entre os Tribunais de Justiça do país, ao oficializar seu Processo Administrativo de Responsabilização.

 

O desembargador Nelson Missias de Morais ressaltou que, com o PAR, é possível apurar “a responsabilidade administrativa e civil de pessoas jurídicas que praticarem atos lesivos contra a administração pública, no que se refere ao Judiciário. A iniciativa, agora adotada pelo TJMMG, é exemplo a ser seguido pelos outros Tribunais”, disse.

 

Justiça Militar

 

 O juiz Fernando Galvão afirma que, com a regulamentação do PAR no TJMMG, “todos os órgãos e segmentos do Poder Judiciário mineiro expressam seu firme compromisso com a integridade das atividades judiciárias e com o combate à corrupção”. No Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais o PAR foi regulamentado pela Resolução 199/2018.

 

noticia01- PAR.jpg
O juiz Fernando Galvão frisa a importância do PAR que combate a corrupção na administração pública

 

Leia mais sobre o PAR no Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

 

Assessoria de Comunicação Institucional – Ascom
Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG
(31) 3306-3920
imprensa@tjmg.jus.br
facebook.com/TJMGoficial/
twitter.com/tjmgoficial
flickr.com/tjmg_oficial